Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

O que eu espero da Black Friday 2020 no e-commerce

Com certeza você já ouviu falar muito sobre a Black Friday 2020 nesses últimos meses. E não é para menos: todos os holofotes do e-commerce estão apontados para o evento – inclusive o meu. Essa edição vai ser a mais online de todas e isso é um grande trunfo para quem tem uma loja virtual.

Mas hoje eu não vim te contar só isso.

Vou te mostrar dados – e, claro, minha opinião – sobre o que está acontecendo na véspera do grande dia. Essas informações vão te ajudar a entender melhor como será a Black Friday 2020 e a dar um boom aí no seu e-commerce.

Então vem comigo que a conversa é boa. Tudo pronto?

A Black Friday retornará para o digital neste ano

Mulher deitada no sofá em frente a um notebook. As palavras “Black Friday” estão escritas na tela. Ao lado há celular e cartão de crédito.

Com a pandemia, boa parte das pessoas adquiriu o hábito das compras online. E essa é uma característica que vai fazer toda a diferença para os e-commerces na Black Friday 2020.

Informações publicadas no artigo da Méliuz comprovam isso: 58% dos brasileiros pretendem comprar pela internet na Black e outros 30,92% vão dividir as compras entre o meio online e as lojas físicas. Ou seja, quase uma unanimidade, não é?

A verdade é que o evento americano foi importado para o Brasil, em 2010, através do mercado online. Só depois de um tempo que a promoção ganhou força nas lojas físicas. Hoje em dia o que vemos é a Black chegando em todos os segmentos possíveis, até nas barracas de cachorro-quente.

Toda essa popularização foi ótima para aumentar o reconhecimento da data, mas fez com que o comércio eletrônico tivesse que dividir o seu protagonismo com todo tipo de venda.

O que eu quero tirar de toda essa história é que, com o isolamento social, os e-commerces vão voltar a ser o carro chefe da Black Friday 2020, retomando a sua hegemonia cultural. E quem sabe esse hábito não se repita nos próximos anos…

Todos os esforços estão voltados para o e-commerce

Placa na porta de vidro de uma loja escrito “Desculpe, estamos fechados” em inglês.

Enquanto a abertura de e-commerces bate recordes, chegando a ter mais de uma loja aberta por minuto, vivemos um movimento inverso em relação ao número de lojas físicas no mercado. Só no segundo semestre de 2020 foram fechadas mais de 135 mil no país, como aponta a CNC.

E, acredite, não estou falando de lojas de bairro, que tendem a ter uma estrutura e capital mais frágeis. Grandes redes também estão fechando suas filiais. A Via Varejo, que engloba as lojas físicas Casas Bahia, Ponto Frio e Loja virtual do Extra , já anunciou que mais de 100 lojas podem ser fechadas nos próximos meses.

Agora pense comigo: nomes como a Casas Bahia podem até fechar as portas de algumas unidades, mas tenho certeza de que o marketplace deles está se fortalecendo cada dia – e investindo pesado na Black Friday 2020, com uma campanha pensada há meses.

Muitos pequenos empresários também tiveram de pausar as vendas físicas por conta das normas de restrição e começaram a ampliar os canais online, mesmo que seja aprendendo como vender no Instagram.

Com isso o que eu tenho a dizer é que todos os negócios – grandes e pequenos – vão focar seus esforços para a Black Friday 2020 nos e-commerces. E, executando o que está ao seu alcance, ambos vão trazer inovações mais impactantes do que as que vimos nos anos anteriores.

Levantando a bandeira do e-commerce isso é uma ótima notícia, já que estamos acelerando em anos a evolução do comércio online. Agora, para o seu negócio se destacar em meio a tanta concorrência, será necessário um planejamento e entendimento maior sobre onde você está entrando.

#DicaAmplia: para te ajudar nessa tarefa, eu listei em um outro texto com os desafios que você vai ter com o primeiro e-commerce.

Os meios de pagamento favorecendo o e-commerce

Neste ano, as iniciativas do governo em relação aos pagamentos estão contribuindo para que a Black Friday 2020 no e-commerce seja um grande sucesso.

Caso você ainda não esteja familiarizado com o assunto, eu estou falando do PIX. Esse novo método de pagamento lançado pelo Banco Central vai facilitar e muito a vida dos clientes e a saúde financeira do seu negócio. É o fim da era dos boletos bancários.

A minha aversão ao boleto é que ele trava o seu negócio. O seu cliente que não tem cartão de crédito ou débito emite um e, se tudo ocorrer bem, leva até três dias para o pagamento cair. Agora, se ele não pagar o seu produto ficou reservado em vão e você perdeu a chance de vender para outra pessoa.

Claro, ele ainda é altamente utilizado e vai demorar um pouco para deixar de ser uma forma de pagamento para grande parte da população que se acostumou com ele. Então o que eu sugiro é ainda oferecer o boleto por enquanto mas já implementar o PIX e aproveitar todas as suas vantagens:

Com o PIX isso não vai acontecer porque o pagamento cai na hora. Além de as taxas serem bem menores que as do cartão de crédito, TED e DOC. Realmente, é a revolução do pagamento no e-commerce.

Inclusive, eu acho muito interessante como o Pix foi lançado em novembro. Justamente no mês da Black Friday 2020. Coincidência ou não, essa é uma ótima oportunidade para o e-commerce. Então se você ainda não investiu nessa forma de pagamento sugiro muito que você leia meu texto sobre como aceitar o PIX no seu e-commerce.

Pessoa segurando um smartphone. Na tela há o logotipo do PIX, sistema de pagamento instantâneo do Banco Central.

Com tudo isso que eu te falei aqui, acho que não restam dúvidas de que a Black Friday 2020 será um sucesso e tem tudo para ficar na história. Mas e o seu negócio, vai protagonizar isso ou vai ficar de espectador da Black Friday 2020?

Se você tem um e-commerce aposto que já traçou e está executando a estratégia para as vendas de amanhã, na Black Friday 2020. Agora, se demorou a tomar a sua decisão e ficou procrastinando a abertura da sua loja virtual, saiba que nem tudo está perdido.

Sim, você ainda vai conseguir criar o seu e-commerce e começar a vender amanhã no grande evento! Na verdade, se você tiver todos os seus produtos já cadastrados em uma planilha que seja, hoje mesmo você já consegue fechar o seu primeiro pedido.

Como? Com o Amplia Vendas, claro! Acesse o site e veja qual plano e design mais combinam com o seu negócio.

Tenho certeza de que suas vendas da Black Friday 2020 vão ser um sucesso!