Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Como economizar no e-commerce? Estoque, embalagem e envio

Não é preciso pesquisar muito para encontrar dados comprovando que o e-commerce nunca faturou tanto como nesses últimos meses. Acompanhando esse crescimento, nunca foram abertas tantas lojas online (mais de 135 mil, segundo dados de julho levantados pela ABComm). Com toda essa concorrência, agora você precisa pensar em formas de como economizar no e-commerce.

Bom, até aqui não falei nenhuma novidade, economizar é o que todos buscam. Mas o que eu vou te ensinar neste texto é como economizar do jeito certo, sem comprometer os investimentos importantes, nem deixar a qualidade do seu produto cair.

Se é isso que você procura, me acompanhe:

Ilustração com dois personagens juntando dinheiro em moedas e notas. Uma calculadora completa a ideia de economia.

Os 3 E’s para economizar no e-commerce

Eu acredito que pequenas mudanças geram grandes resultados. Pensando nisso, criei instruções simples que, além de reduzir gastos, são capazes de aumentar o faturamento de qualquer negócio.

São os três E’s para economizar no e-commerce – estoque, embalagem e envio. Fazendo alterações simples nesses três pontos você já consegue cortar alguns custos, o que se reflete em mais dinheiro para investir ou mais margem de lucro em cada venda.

Ilustração de um homem ao lado de um gráfico de crescimento e um cofre de porquinho com três moedas com a letra E.

Primeiro E: Estoque

Esse é primeiro ponto a ser mencionado, afinal, é aqui onde a maior parte do seu investimento fica. O que você precisa pensar, nesse momento, é em soluções para não ficar com estoque (e consequentemente, dinheiro) parado.

Para isso eu dividi esse tópico em duas partes: dropshipping – uma forma mais radical de reduzir para zero os custos de estoque – e organização com ERP. Saiba mais:

1. Dropshipping

Hoje já é possível economizar no e-commerce cortando completamente todos os custos com o estoque físico, utilizando modalidades logísticas como o dropshipping (ou o crossdocking).

É a verdadeira venda estoque zero. Nesse tipo de negócio você não armazena nenhum produto sequer. O pedido é repassado para a fábrica, que se encarrega da produção, embalo e envio para o comprador.

Com isso você tem a economia do espaço físico e ainda consegue ampliar seu mix de produtos. Muitos lojistas acabam não comercializando um produto porque há o risco de não vender. Eles não querem estocar sem garantias, então deixam de vender. Mas com o dropshipping, não precisa estocar. Se não vender, não há prejuízo algum.

Atualmente existem dois tipos de dropshipping: o dropshipping nacional une você a empresas brasileiras, permitindo um crescimento sustentável e tudo com o aval da nossa legislação. E o dropshipping internacional, que acelera o crescimento porque você consegue comprar mais barato, porém com menos segurança e respaldo jurídico.

Baixe o e-book grátis!

Com o Amplia Vendas você tem certeza de que vai estar trabalhando com um fornecedor de confiança. Nossa plataforma, o Venda Estoque Zero, faz todo esse processo de envio de pedidos, emissão de notas e acompanhamento das entregas através de um painel de controle integrado.

Trabalhar com dropshipping requer uma ferramenta de integração e automação de pedidos robusta. No Amplia Vendas, já oferecemos a plataforma VEZ sem custo adicional nos planos mais avançados. Saiba mais aqui nesse link.

Ficou com alguma dúvida em relação ao dropshipping e a sua viabilidade? Aqui eu entro mais a fundo nesse tema.

Ilustração com funcionários transportando caixas de estoque. Há uma prateleira cheia de caixas.

Caso deseje manter o seu estoque, tenha controle de ponta

Se partir para as vendas de estoque zero não é um passo que você quer dar agora, tudo bem. Nesse caso, eu sugiro você começar fazendo uma planilha de estoque integrada com as vendas ou ainda pensar em um Sistema Integrado de Gestão (ERP).

Planilha Integrada

Para ter esse registro tudo o que você vai precisar é ter o Excel no seu computador. Digo isso porque no próprio site da Microsoft tem várias planilhas prontas, então é só você preencher com os seus produtos. Eu selecionei aqui um planilha pronta que, inclusive, lista as novas encomendas em destaque.

Planilha baixada, você precisa criar um código de identificação para cada produto (SKU) e inserir dados como valor unitário e quantidade de itens em estoque. Feito isso, a sua relação estoque/fornecedor/pedidos vai estar sempre alinhada, te ajudando a economizar no seu e-commerce.

Até então você já tem uma planilha de estoque, só que se quiser integrá-la vai ser preciso contratar esse serviço de uma empresa terceirizada. A Pluga faz esse tipo de serviço, mas uma outra solução é criar o seu site com uma plataforma que faça essa integração automaticamente, como é o caso do Amplia Vendas.

ERP

Outra dica é utilizar um sistema de ERP (Enterprise Resource Planning) – em português, a tradução seria algo como Sistema Integrado de Gestão – que além de te ajudar na gestão do estoque, ainda te permite integrar as vendas físicas e online, agendar pagamentos, automatizar compras com fornecedores e até emitir boletos e NFs.

Se você gostou da ideia de implantar um ERP, mas está achando que esses sistemas de automação podem custar caro, eu tenho uma ótima notícia para você que quer economizar no seu e-commerce:

Com a MarketUp, ferramenta parceira do Sebrae, você executa as tarefas mais básicas no controle de estoque e ainda otimiza o gerenciamento das vendas físicas e online. Além disso, ele possui uma plataforma para cada tipo de negócio e o melhor: é gratuito.

Segundo E: Embalagens

Antes mesmo de ver o produto, a embalagem é o primeiro contato físico que o seu cliente tem com a sua marca. Você deve cuidar para que essa imagem seja de zelo e importância com a experiência do comprador.

Além disso, como eu disse no texto sobre Trocas e Devoluções, o ideal é que você tenha embalagens específicas para produtos que vão ser despachados. Isso evita problemas de violação de embalagem quando o seu cliente solicita uma devolução.

Agora você já sabe que criar uma embalagem personalizada é mais atrativo para o seu cliente e vantajoso para o seu negócio. Resta, então, saber quais são as opções mais viáveis para economizar no e commerce.

Ilustração de uma embalagem em forma de envelope de segurança para ser enviada pelos correios

Estar sempre ciente das necessidades do seu produto

A melhor maneira de economizar no e-commerce na hora do envio é pensar no que o seu produto precisa.

Algumas embalagens não funcionam para certos produtos. Pratos precisam de proteção extra, e não vão chegar inteiros se você só embalá-los em papel kraft.

Para evitar custos com logística reversa, mas ao mesmo tempo economizar em volume e peso, considere os materiais adequados com bastante cuidado. Faça testes e decida pelos melhores.

Envelope de segurança com plástico-bolha

Mesmo sendo as opções mais tradicionais, caixas são mais volumosas, e por isso o frete tende a ser mais caros. Com um envelope plástico isso não ocorre, já que o seu revestimento interno, de plástico bolha, protege o produto.

Além do quesito segurança, é mais difícil o envelope chegar rasgado ou amassado e você ainda pode customizá-lo com a sua marca (o que sai mais barato que estampar uma caixa).

Com um envelope, você consegue reduzir as dimensões do seu produto e economizar na hora do envio.

Embalagem à vácuo

Essas são especialmente interessantes para a venda de estofados, como almofadas, edredons, etc.

Basicamente, é só você embalar o produto normalmente – só que com uma embalagem plástica – e depois tirar o ar. Isso ajuda a espuma a se “acomodar” na embalagem, que passa a ocupar menos volume.

Economizar no e-commerce além da embalagem

As vantagens e economia de uma embalagem em envelope de segurança são ótimas, mas para economizar ainda mais outras medidas podem ser tomadas:

  • Imprima mais de uma Nota Fiscal por folha em modo “economia de tinta”;
  • Invista em uma impressora Térmica (Zebra) para códigos de expedição adesivos;
  • Sempre que possível, envie o produto desmontado para ocupar menos espaço;
  • Caso venda mais de um tipo de produto, tenha embalagens de tamanho proporcional.

Terceiro E: Envio

Chegamos ao último e mais fácil “E”. Digo isso porque, falando de Correios, tudo o que você tem que fazer para economizar no e-commerce é se cadastrar no site e pronto: já pode usufruir dos benefícios.

Para conseguir essas vantagens exclusivas de forma gratuita, basta contratar pacotes específicos. O único porém é que é preciso atingir a quantidade mínima de pedidos enviados por mês.

Quanto mais pedidos, mais vantagens . Eu listei alguns desses pacotes pra você:

  • Preços diferenciados para SEDEX, PAC, Telegrama e Mala Direta;
  • Coleta programada (eles vão até a sua empresa e buscam as encomendas gratuitamente);
  • Logística reversa para troca ou devolução de mercadorias;
  • Pagamento mensal ou quinzenal de todos os envios.

Se o seu e-commerce é uma micro ou pequena empresa, os Correios estão ampliando ainda mais os benefícios dos pacotes com o AproxiME – inclusive com a possibilidade de isenção da cota mínima de pedidos. Vale a pena dar uma olhada.

Mas os Correios não são a única opção de entrega para economizar no e-commerce. Hoje existem várias transportadoras no mercado e, se o seu e-commerce vende produtos maiores, acho interessante você consultar no site Melhor Envio quais as opções de outras prestadoras de serviço.

Ilustração que mostra a operação em uma agência de correios.

Quando temos um objetivo, pequenas mudanças podem trazer grandes resultados. Só é preciso saber aplicá-las. Economizar no e-commerce é um grande exemplo disso: ao invés de cortar custos que poderiam comprometer toda a operação, mudar pequenos processos dentro do negócio pode ser muito mais significativo.

A minha última dica para você economizar no e-commerce é encontrar o equilíbrio perfeito entre os seus custos, a margem de lucro que deseja com um preço competitivo no mercado. Este é um assunto tão importante e necessário que eu separei um outro texto só pra te mostrar como precificar produtos na internet.

Te encontro lá!

Monte seu site hoje com o Amplia