Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Dropshipping brasileiro vale a pena?

Sim, o dropshipping brasileiro vale a pena. Vou começar o texto assim por um motivo simples: a internet está saturada de conteúdo equivocado dizendo que dropshipping nacional nunca será um modelo adequado de negócios e que o internacional é melhor.

O dropshipping brasileiro, eu diria, é a alternativa mais séria e com embasamento jurídico para quem quer vender com estoque zero hoje. E além dessas qualidades, existe outra razão que realmente acaba com qualquer discussão que tenta avaliar se essa forma vale a pena ou não: a comunicação com seu fornecedor.

Hoje vou mostrar porque ele vale a pena em alguns pontos simples, mas que ainda confundem muita gente. Vamos começar?

Três pessoas ao lado de caixas para a entrega em uma rua.

Por que o dropshipping brasileiro vale a pena?

Resposta curta: o dropshipping nacional vale a pena porque ele te dá mais segurança com os produtos justamente por não estar em uma “área cinzenta”, juridicamente falando. E porque você consegue ter mais garantias tanto em produto quanto em entrega.

A resposta longa é um pouco mais complexa. Existem vários pontos que são levantados quando o assunto é dropshipping nacional X internacional: margem de lucro, entrega mais barata… Mas nada disso se compara com as facilidades e a tranquilidade que o dropshipping brasileiro oferece quando se tem bons fornecedores.

Vou separar a resposta longa em alguns tópicos aqui embaixo pra gente seguir na discussão. Vamos lá?

O dropshipping brasileiro tem mais segurança jurídica

Um dos maiores problemas do dropshipping internacional é não ter um embasamento jurídico firme e sólido, pautado e resguardado em Lei.

Não é que o dropshipping internacional é em si ilegal. Mas, a sua prática precisa levar em consideração vários pontos para estar de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, principalmente, em relação à importação e ao suporte ao cliente.

Tanto que várias empresas que oferecem o serviço – especialmente as maiores e as plataformas de dropshipping internacional – possuem times jurídicos dedicados para lidar com essa problemática.

O dropshipping brasileiro não tem muitas diferenças em relação ao que o CDC estipula para o comércio eletrônico. Você vai enfrentar, no máximo, uma burocracia inicial e pronto. Trabalhar assim é mais seguro e confiável do que estar sempre com receio de estar fazendo algo errado.

Advogada trabalhando com computador. Ao lado de estátua representando a justiça.

O dropshipping brasileiro tem mais segurança na entrega

O grande diferencial do dropshipping está no lojista não ter que se preocupar em entregar. Mas ao mesmo tempo, ele precisa se preocupar com a entrega.

Parece contradição? Mas não é. Mesmo que seja uma indústria fazendo a entrega, no final das contas o responsável por erros no pedido, danos e extravios é o lojista, não a indústria. A indústria tem responsabilidade com você, enquanto sua loja tem responsabilidade com os seus clientes.

Então me diz o que é mais fácil: resolver problemas com uma entrega que veio do Brasil ou com uma que veio da China?

Claro que nesse aspecto o dropshipping brasileiro leva muita vantagem. No tempo que leva para um pedido feito via dropshipping internacional chegar para o cliente, um feito via dropshipping brasileiro chega, é conferido, é contestado e você faz a troca. Nesse meio tempo, o produto da China ainda está dentro do contêiner, no meio do oceano Atlântico.

Navio de carga com a sigla MSC navegando no mar.

E ainda tem outra questão em relação à entrega: você não consegue dar um prazo razoável. Pensa comigo: se você disser que o produto vai chegar em 30 dias e ele chegar em 60, você perde credibilidade com seu cliente, mesmo se você explicar que importações são assim mesmo. O cliente quer nos 30 dias que você prometeu.

Imprevistos na entrega são muito mais raros no dropshipping brasileiro, porque apesar da fama dos Correios, os atrasos não são muito frequentes e nem tão dramáticos. Por mais que 10 dias para uma entrega PAC seja um prazo bem grande, raramente ele vai virar 20 dias, quem dirá chegar na marca dos 60.

O dropshipping brasileiro é mais amigável para parcerias

É mais simples negociar parcerias, preços e prazos de entrega trabalhando com uma indústria nacional.

É, principalmente, por isso que o dropshipping nacional vale a pena. O internacional depende bastante de preço para manter sua competitividade: a maioria dos lojistas que operam nesse canal o fazem porque os produtos são mais baratos.

Só que ao mesmo tempo não tem muita conversa. Se você precisa de preços mais competitivos, boa sorte. Se você precisa de uma parceria diferenciada para pagamentos ou entregas, também.

Enquanto isso, as indústrias brasileiras estão abertas para o diálogo e muitas vezes vivem disso. Preço, prazo e demanda são pontos absolutamente negociáveis. E todo mundo sabe que, em terra de varejo, quem tem parcerias é rei.

Close em aperto de mãos. Ao fundo, um escritório desfocado.

O dropshipping brasileiro oferece produtos mais complexos

Essa é uma questão que toca, principalmente, vendedores de nichos. Imagine você vendendo fogões industriais. Nem adianta procurar fornecedores da China porque muita coisa pode dar errado na entrega, isso se você sequer achar esses produtos por lá.

A complexidade em produtos mais específicos está muito ligada ao seu sucesso. Quanto mais nichado for o seu segmento, menos competição você vai ter.

O dropshipping internacional funciona muito bem para variedades e produtos de complexidade menor – ao mesmo tempo em que ele é muito bom para produtos inovadores, que ainda não apareceram no nosso mercado. Mas para produtos mais complexos e específicos, o melhor alternativa sempre será o dropshipping brasileiro.

Como garantir os melhores resultados no dropshipping brasileiro?

Essa é uma outra questão. O dropshipping brasileiro não é tão fácil assim de entrar, porque ele não opera por meio de plataformas ultra populares, como o Shopify ou o Aliexpress.

Na verdade, existem poucas plataformas que oferecem a venda com estoque zero, o que te atrapalha a encontrar fornecedores e público para o seu site.

Homem usando tablet em mesa de café.

Para ter o melhor resultado possível, trabalhando com dropshipping nacional, você precisa ter tanto estrutura quanto fornecedores.

O Amplia Vendas surge como uma maneira de te oferecer a estrutura para procurar fornecedores com tranquilidade. O Venda Estoque Zero, uma das funcionalidades que disponibilizamos nos nossos planos mais avançados, te oferece uma plataforma para organizar sua vida no dropshipping brasileiro.

O dropshipping legal e que estimula a indústria nacional está no meu DNA. O Amplia Vendas é a forma que encontramos, eu e a equipe, para contribuir com o futuro que acreditamos. Conheça nossos planos e, se tiver dúvida, só deixar aqui nos comentários.

Um abraço!